24 Setembro 2020
Dicas

Ouvir música no trabalho – sim ou não?

Pesquisas mostram que o tipo de tarefa e o estilo musical tendem a determinar se ouvir música vai melhorar ou prejudicar o seu desempenho. Isto porque a música afeta o cérebro de diferentes formas.

Vantagens

Quando o local de trabalho está barulhento, ouvir música é vantajoso, uma vez que ajuda a diminuir o número de inputs que o cérebro recebe e, consequentemente, a diminuir os níveis de stress e a aumentar o foco.

Durante trabalhos repetitivos, a música pode ajudar a trabalhar mais rápido e a cometer menos erros. Isto porque ouvir a música que se gosta liberta neurotransmissores (dopamina, serotonina e noradrenalina), que ajudam à concentração, ao relaxamento e à alegria.

Desvantagens

A primeira é sempre que tem de se fazer algo novo, aprender verbalmente ou pela leitura. A música pode atrapalhar o processo de aprendizagem, uma vez que este requer análise por parte do cérebro para assimilar instruções. Isto acontece sobretudo quando a música tem voz e letras que sobrecarregam o cérebro.

Além disso, quando ouve uma música nova, essa tarefa constitui uma novidade, uma surpresa para o cérebro, que liberta dopamina e traz prazer à pessoa. Isto pode ser prejudicial ao trabalho, uma vez que a música se torna mais interessante e pode roubar a concentração e a atenção necessária ao trabalho.

Subscribe our newsletter
We will tell you everything!