20 Junho 2022
Notícias

Volume de investimento em imobiliário comercial pode atingir novo máximo

Entre janeiro e março foram investidos mais de 380 milhões de euros em imobiliário comercial, ou seja, mais de 120 milhões de euros por mês e mais do dobro em termos homólogos, segundo os dados apurados pela CBRE.

Os números não deixam margem para dúvidas — o volume de operações financeiras neste setor deverá ultrapassar os três mil milhões de euros registados antes da pandemia e pode mesmo atingir um novo máximo este ano, e a CBRE antecipa a continuidade de um forte volume de investimento em imobiliário comercial.

O segmento da logística e dos escritórios figura entre os ativos imobiliários comerciais que maior volume de investimento atrai, sendo que “a forte procura por ativos logísticos continua a exercer pressão sobre as prime yields, que diminuíram 25 pontos base” em relação ao último trimestre de 2021, ou seja, em algumas zonas, a procura ainda é superior à oferta.

Contudo, até que ponto a subida das taxas de juro e o aumento do custo de construção pode afetar dinamismo do setor?

De acordo com Cristina Arouca, Diretora de Research da CBRE Portugal, “apesar da subida das taxas de juro, continua a existir uma elevada liquidez para investir no setor imobiliário“, mas é expectável o adiamento de algumas transações devido “à incerteza relacionada com o aumento dos custos de construção“.

* Fonte: CBRE

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar na nossa página, está a aceitar a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa Política de Privacidade e os Termos de Uso.