10 Fevereiro 2022
Notícias

Quer tornar a sua casa mais eficiente e sustentável?

Os portugueses aderiram em massa à segunda edição do “Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis“, pelo que era previsível que os 45 milhões de euros, disponibilizados pelo Governo, esgotassem antes do fim do prazo das candidaturas (31 de março).

Para garantir que todos os candidatos usufruem dos benefícios, inicialmente estabelecidos, o executivo reforçou a dotação atual com + 15 milhões de euros, ou seja, há 60 milhões de euros para investir na melhoria da eficiência energética do edificado urbano, dos quais já foram concedidos 26,8 milhões.

A melhoria da eficiência energética dos edifícios traz inúmeros benefícios, nomeadamente às famílias e ao meio ambiente — aumenta os níveis de conforto térmico, reduz a fatura da eletricidade, a dependência energética de Portugal e a emissão de gases com efeito de estufa, salienta o Ministério do Ambiente.

O programa surgiu em 2020, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, e prevê um financiamento até 85% do valor gasto em obras para tornar os imóveis mais eficientes e sustentáveis, num máximo de 7500 euros para apartamentos e moradias e de 15 000 euros para prédios.

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar na nossa página, está a aceitar a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa Política de Privacidade e os Termos de Uso.